Rede Social

Cerca de 600 milhões de usuários do Facebook tiveram suas senhas comprometidas

Há indícios de que as senhas estavam legíveis nos servidores há anos

Uma nova semana, uma nova polêmica envolvendo o Facebook. Desta vez a companhia de Mark Zuckerberg comprometeu cerca de 600 milhões de senhas de usuários, deixando-as legíveis por anos, em meio aos servidores da empresa.

A falha de segurança foi apontada pelo pesquisador Brian Krebs, segundo os relatos do Telegraph. De acordo com ele, algo entre 200 e 600 usuários do Facebook podem ter tido suas senhas expostas, desde 2012 pelo menos. 

A empresa também publicou em seu blog oficial sobre o problema. Eles ainda estão tentando entender como exatamente a criptografia dessas senhas foi comprometida dessa forma. 

No comunicado, também foi revelado que em uma vistoria rotineira feita em janeiro, o Facebook percebeu que as senhas de alguns usuários estavam aparecendo em seus sistemas de armazenamento de dados e podiam ser lidas normalmente.

Isso chamou nossa atenção porque nosso sistema de acesso é designado para mascarar as senhas usando técnicas que as deixam ilegíveis


disse o vice-presidente de engenharia, segurança e privacidade, Pedro Canahuati, no blog.

Nós resolvemos esse problema e, como precaução, iremos notificar todos cujas senhas nós achamos armazenadas em nossos sistemas“.

Não há evidências de que os funcionários tenham acessado as informações.

Até onde se sabe, as senhas que apareceram legíveis também não vazaram para fora do Facebook. Dito isto, não é necessário que todos os usuários alterem suas senhas, embora seja recomendado sempre muda-las de tempos em tempos.

Etiquetas

Fernando Corrêa

Amante da tecnologia, adora ficar atrás da tela editando e criando artigos, amo tocar bateria e toco em uma igreja, adoro jogar futebol e amo animais tanto que tenho 3 gatos em casa e dois cachorros. :)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Produzir um conteúdo de qualidade requer recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor DESABILITE o seu bloqueador de anúncios.