Internet

Em São Paulo, diversos locais públicos vão ganhar acesso gratuito à internet via Wi-Fi

Acesso à rede Wi-Fi sem pagar absolutamente nada por isso – essa é uma novidade que chegará ainda esse ano a diversos pontos de São Paulo como, por exemplo, bibliotecas, postos de saúde e praças.

Com investimento de R$ 4 milhões, o projeto (que vai contar com cerca de 600 hotspots) terá infraestrutura montada e gerenciada pela Surf Telecom, empresa que foi selecionada a partir de um edital público pela prefeitura de São Paulo.

LEIA TAMBÉM:

A rede será instalada com a prestadora arcando com 100% dos custos. Segundo Davi Fraga, o CMO da Surf Telecom:

O serviço deverá ser disponibilizado no decorrer do ano de 2019. Será 100% gratuito para o usuário, e teremos a possibilidade de rentabilizar os acessos através de publicidade. A Surf vai permitir o acesso a milhões de pessoas diariamente à rede Wi-Fi e ainda poderá divulgar a oferta de suas MVNOs

São Paulo já conta com diversos pontos que oferecem acesso gratuito à internet, alguns deles você pode conferir nesse artigo – e no início de maio, mais precisamente dia 15, a prefeitura anunciou a expansão do programa WiFi Livre SP, iniciativa em parceria com o Google.

De acordo com a administração municipal, até o fim de 2020, cerca de 501 novos pontos de acesso à internet serão instalados em regiões estratégicas da capital.

Você já usou a internet Wi-Fi gratuita em São Paulo? Compartilhe sua experiência de uso através do espaço abaixo destinado a comentários.

Etiquetas

Fernando Corrêa

Amante da tecnologia, adora ficar atrás da tela editando e criando artigos, amo tocar bateria e toco em uma igreja, adoro jogar futebol e amo animais tanto que tenho 3 gatos em casa e dois cachorros. :)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Produzir um conteúdo de qualidade requer recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor DESABILITE o seu bloqueador de anúncios.