Rede Social

WhatsApp reconhece grave falha de segurança e pede que usuários atualizem app

O WhatsApp reconheceu uma grave falha de segurança no seu aplicativo para Android e iOS. De acordo com o mensageiro, é altamente recomendável que todos os usuários atualizem a ferramenta para a versão mais recente disponível na App Store e na Play Store.

Isso porque a falha de segurança permite que um spyware possa ser executado com muita facilidade. Para isso, basta apenas que o hacker malicioso inicie uma chamada normal dentro do aplicativo. Assim, se torna possível ter acesso ao microfone, câmeras e até mesmo a localização da vítima.

Segundo o jornal Financial Times, a falha foi descoberta no início deste mês e já foi explorada pela empresa israelense NSO Group. Para quem não conhece, essa companhia é responsável pela produção de um software de espionagem para governos e serviços de inteligência.

Segundo a NSO Group, como forma de comprovar a falha de segurança do WhatsApp, a sua ferramenta Pegasus foi utilizada. Assim, ao iniciar uma chamada por meio do aplicativo (vídeo ou áudio), o spyware conseguiu entrar em ação e ser ativado remotamente.

Com ele, a empresa conseguiu ter acesso a fotos, e-mails, mensagens, localização, microfones e câmeras do smartphone. Além disso, para a preocupação de muitos, o spyware pode ser ativado mesmo que a vítima não atenda a ligação, sendo que ele também não deixou rastros no smartphone.

Após os testes, o WhatsApp foi comunicado do problema e lançou uma atualização de emergência nas lojas do Android e do iOS. Por isso, o mensageiro agora pede que todos os usuários atualizem seu aplicativo como forma de se livrar de possíveis violações de privacidade.

Etiquetas

Fernando Corrêa

Amante da tecnologia, adora ficar atrás da tela editando e criando artigos, amo tocar bateria e toco em uma igreja, adoro jogar futebol e amo animais tanto que tenho 3 gatos em casa e dois cachorros. :)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Produzir um conteúdo de qualidade requer recursos. A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor DESABILITE o seu bloqueador de anúncios.